Oito dicas para deixar sua viagem mais barata mesmo com o dólar em alta Vida Sim

Enfim, férias! Época esperada por grande parte das pessoas. Mas com os atuais problemas da economia, o dólar não para de subir, causando impacto direto no nosso real, que acaba perdendo valor.

Essa situação interfere nos planos de viagem para aqueles que se programaram para um passeio no exterior. Mas não precisa ficar desanimado ou cancelar as passagens, o melhor é começar a pensar em maneiras de contornar a situação, traçar planos para economizar ao máximo, mas sem deixar de curtir suas férias.

Preparamos oito dicas para ajudar a deixar sua viagem mais barata, mesmo com dólar em alta. Confira:


1Crédito, só em situações de emergência:

Ao fazermos compras em países estrangeiros, e isso vale pra qualquer tipo de compra, seja uma garrafa de água, até roupas, as operadoras de cartão de crédito cobram altas taxas. Além destas, há cobrança do IOF, o que representa cerca de 6,38% sobre o valor gasto no cartão, diferentemente do dinheiro vivo, onde o IOF passa a ser de 0,38%.

Cartão de Crédito Oito dicas para deixar sua viagem mais barata mesmo com o dólar em alta Vida Sim

Mas não é aconselhável viajar com uma quantidade muito grande em espécie, uma dica, é a utilização dos cartões pré-pagos, os quais cobram o mesmo IOF do cartão de crédito, mas possuem a taxa de câmbio pré-definida e com direito a negociação. Pergunte por eles em casas de câmbio e no seu banco. Sempre tenha um cartão de crédito desbloqueado em suas viagens, porém use-o apenas em situações de emergência.


2Compare as taxas das casas de câmbio:

Casas de Câmbio Oito dicas para deixar sua viagem mais barata mesmo com o dólar em alta Vida Sim

Entre em contato com as casas de câmbio, para que você possa receber diariamente em seu e-mail a cotação do dia. Mas não compre moeda estrangeira online, não compensa. Consulte o Ranking do Banco Central, ele mostra quais foram os bancos/casas de câmbio com as melhores taxas nos últimos meses. Quando o valor da moeda cair, aproveite e compre uma certa quantidade.


3Seguro viagem? Veja se seu cartão de crédito inclui:

Entre em contato com a central de atendimento do seu cartão, para saber se elas oferecem seguro viagem como benefício. Se sim, isso diminuirá custos na sua viagem, uma vez que os preços cobrados por esse tipo de serviço costumam ser altos.

Seguro Viagem Oito dicas para deixar sua viagem mais barata mesmo com o dólar em altaE fugindo completamente do tema proposto para discussão, seja por falta de argumentos ou até mesmo d Vida Sim

Além disso, alguns cartões ainda oferecem descontos em redes de hotéis, aluguel de carro, serviço de concierge, entre outros. Vale a pena pesquisar, para assim, aproveitar seu cartão ao máximo.


4Procure por uma hospedagem alternativa:

Você que busca economizar ao máximo em sua viagem, essa é uma excelente dica. Troque o hotel por acomodações com preços mais acessíveis. Existem diversas opções, como por exemplo, um quarto em hostel, compartilhado ou não.

Temos o Airbnb, o qual lhe permite alugar quartos ou casas inteiras, por preços que são em média 30% mais baratos do que os hotéis. O Worldpackers é bem interessante, nele é possível trocar trabalho, por exemplo, em fotografia, produção de website, entre outros, por estadias em hostel nos mais diferentes países.

Hostel Oito dicas para deixar sua viagem mais barata mesmo com o dólar em alta Vida Sim

Para aqueles que procuram alguma experiência de trabalho, o WWOOF, oferece a hospedagem e alimentação em fazendas em troca de meio período de trabalho (quatro horas durante a semana). Outra opção bem interessante que facilita conhecer novas pessoas e mergulhar na cultura local é optar pelo Couchsurfing, nesse site, pessoas oferecem o sofá ou um quarto de visitas de graça para viajantes. Mas lembre-se, sempre olhe as referências da pessoa. Alternativas como estas, podem sair pela metade do preço de um hotel, vale a pena considerar.


5Otimize seu tempo:

Existem alguns sites, ou metabuscadores, como é o caso do Voopter, que pesquisa qual companhia aérea ou agência de viagem está vendendo a passagem mais barata, o resultado é obtido em segundos e de maneira gratuita. Isso faz com que você otimize seu tempo, e não necessite entrar em diversos sites em busca do melhor orçamento.

Otimize seu tempo Oito dicas para deixar sua viagem mais barata mesmo com o dólar em alta Vida Sim

6Escolha um destino com baixo custo:

Que tal fugir de locais muito procurada como Miami, Nova York e Londres e optar por se aventurar na América do Sul, países asiáticos como Camboja e até a Tailândia?

Destino Oito dicas para deixar sua viagem mais barata mesmo com o dólar em alta Vida Sim

Colômbia, Cuba, Chile, Austrália e República Dominicana foram os cinco destinos internacionais imperdíveis para viajantes brasileiros em 2015, listados pelo site especializado em buscar as melhores promoções de passagens, o Skyskanner.


7Aproveite aplicativos e sites de cupons de desconto:

Antes de viajar faça uma lista das lojas que você pretende visitar e procure em sites de cupons de desconto, como a dealcatcher.com nos EUA. Em alguns casos, você pode conseguir descontos de 10 até 30%, o que faz uma enorme diferença no orçamento. Um dica, é baixar o aplicativo SnipSnap, ele ajuda a encontrar cupons.

Pesquisa Oito dicas para deixar sua viagem mais barata mesmo com o dólar em alta Vida Sim

8Faça pequenas economias ao longo da viagem:

Diversas são as dicas nesse caso. Busque fazer economias até nas coisas mais simples, como por exemplo, caminhe mais e evite táxis, além de economizar, é uma ótima maneira de conhecer melhor o lugar e admirar a paisagem.

Caso precise de metrô, compre passe semanal ou em grupo. Programe as visitas a museus e parques com antecedência, muitos oferecem descontos, e procure fugir de pacotes fechados. Enquanto você estiver na cidade, vai ter aquele show que você sempre quis ir, ou então uma peça de teatro? Compre as entradas antes.

Economias Oito dicas para deixar sua viagem mais barata mesmo com o dólar em alta Vida Sim

Para as compras, fuja dos grandes centros e procure por lojinhas mais afastadas, elas geralmente possuem mercadorias diferentes e com valores mais acessíveis. Como já dito, opte por acomodações alternativas, faça comida em casa alguns dias, assim você economiza, e ainda tem a chance de conhecer os mercados locais.


Veja outras opiniões, conte a sua também:


Veja também:


Matérias Relacionadas