Você tem se sentido infeliz com o trabalho? Vida Sim

Segundo uma pesquisa realizada no ano passado pela Isma Brasil (International Stress Management Association), cerca de 72% das pessoas entrevistadas são insatisfeitas com o trabalho.

Sem sombra de dúvida, trabalhar em algo que você gosta e te traga felicidade são pontos cruciais para que você se sinta realizado.


Prejuízos

Quando a insatisfação é maior, ela contribui para o desenvolvimento de inúmeros problemas para vida do trabalhador, afetando o corpo e a mente.

Insônia, mau humor, gastrite e elevação da pressão arterial são apenas alguns dos distúrbios que podem nos acometer. Além disso, a pessoa passa a conviver em um conflito diário com si próprio, aflorando assim, características como angústia e insegurança que, aliadas ao ato de trabalhar, resultam em um processo de desgaste constante no indivíduo.


Principais causas

A infelicidade dos brasileiros perante o trabalho tem relação com a falta de reconhecimento (89%), excesso de tarefas (78%) e problemas de relacionamento (63%), segundo Ana Maria Rossi, presidente da Isma Brasil.

Ela ainda afirma que é comum as pessoas colocarem seu foco em coisas que elas não têm e não gostam. Desse modo, a insatisfação e a infelicidade tornam-se resultados dessa maneira negativa de pensar.

Existem muitos estudos acerca desse assunto, em especial que buscam demonstrar como pensamentos negativos podem interferir na vida. A psicologia positiva, uma vertente da psicologia, ao invés de estudar os traumas e doenças mentais, coloca seu foco na felicidade.

Para os estudiosos dessa área, esse campo de estudo tem mais a ver com uma visão de mundo do que com um objetivo a ser alcançado. De maneira simplista, este estudo procura estabelecer que ao olharmos de forma mais otimista para os eventos cotidianos que nos acometem, alcançaremos mais felicidade no trabalho e na vida.

Diversas pesquisas foram realizadas por Shawn Achor, um psicólogo que trabalhou em Harvard no decorrer de vinte anos. Segundo ele, existe a possibilidade de treinamos o nosso cérebro. E algumas atividades como meditar, agradecer diariamente, fazer exercícios, realizar boas ações gratuitamente e manter um diário de experiências positivas, podem ser de vital importância para atingirmos esse objetivo.

Diante disso, no ano de 2008, ele realizou uma pesquisa que contou com um grupo de auditores fiscais, os quais precisaram escolher uma entre as atividades acima citadas e praticá-las no período de 21 dias. Passados quatro meses, o índice de bem-estar foi de 37,23 (em uma escala de 35 pontos), ante 22,96 antes do treinamento, ou seja, houve um aumento significante de 12,2%.

Dessa forma, ele pôde concluir que, nesse caso, a felicidade tornou-se um hábito. Seus estudos ainda revelaram que aquelas pessoas com visões mais otimistas da vida possuem mais chance de serem produtivas e felizes, ao contrário daquelas que vivem reclamando de tudo.


Avaliando o quadro

Uma série de fatores pode contribuir para a insatisfação profissional. É preciso que a pessoa, seja honesta consigo mesma, se avalie, identifique a causa ou as causas e a partir disso, trace um plano de ação para modificar essa situação.

Algumas perguntas podem ajudar nesse caso, portanto questione a si mesmo com perguntas como:

- Por que eu odeio o meu trabalho atual?
- É um sentimento novo ou eu sempre o odiei?
- São as pessoas que trabalham comigo que me fazem me sentir infeliz?
- São as tarefas que tenho de fazer?
- Ou é a cultura da empresa com a qual eu não compactuo?

Você pode até não perceber, mas um ambiente de trabalho é muito importante para a realização profissional. Relacionar-se com seus colegas de forma positiva e se sentir acolhido aumentam os níveis de satisfação.


Algumas dicas

A seguir preparamos algumas dicas que podem ajudá-lo a atingir a satisfação profissional:

1 – Adote uma postura positiva:

Vá dormir e acorde com a mente repleta de ideias positivas. Esqueça o pessimismo e faça o possível para que o otimismo seja mais frequente na sua vida. Pense, procure, busque, sempre pelo melhor. Uma visão mais positiva do mundo trará mais felicidade a sua vida.


2 – Esteja preparado para lidar com conflitos:

Eles são comuns no dia a dia, e saber lidá-los com eles, é uma vantagem imensa. Discórdias entre colegas de trabalho podem ocorrer, mas nunca deixe que isso, interfira nos seus resultados. A melhor maneira de resolver é através de uma conversa. Exponha seus pontos e observações e trabalhe para manter um âmbito de trabalho agradável.


3 – Reflita se sua empresa atende aos seus objetivos:

Avalie se a empresa que você trabalha é o melhor lugar para você exercer sua carreira profissional. Você está desenvolvendo todas as suas habilidades e está satisfeito com seu atual cargo? Se não, comece a procurar um novo emprego, esteja aberto a novas oportunidades, e escolha aquela que você considera ser a melhor opção.


4 – Defina objetivos:

Para um bom resultado em qualquer profissão, é necessário que seus objetivos sejam definidos. É importante, estabelecer onde você está e aonde você pretende chegar. Diante disso, trace o melhor caminho a ser percorrido e todas as coisas que você pode realizar durante esse processo.


5 – Tenha foco nos resultados:

Quando alcançamos resultados, nos sentimos bem, reconhecidos, e isso é um dos aspectos mais importantes que envolvem a obtenção da satisfação profissional.


6 – Invista na sua carreira:

Atividades que beneficiam a carreira, como leitura, cursos, palestras, dentre outras, são importantes para manter uma motivação na carreira.


7 – Escolha um trabalho pelo qual você se apaixone:

Não existe coisa melhor do que fazermos o que gostamos. Nunca é tarde demais para mudar de carreira, e se dedicar a aquilo que realmente te dá prazer. O equilíbrio deste com o trabalho facilita o caminho para atingir a satisfação no âmbito profissional.


Veja outras opiniões, conte a sua também:


Veja também:


Matérias Relacionadas