Substância presente em alimentos causará autismo em 50% das crianças até 2025 Vida Sim

O título alarmante faz referência às pesquisas e dados levantados pela Dra. Stephanie Seneff, cientista sênior de pesquisas no MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) (1). De acordo com ela, até o ano de 2025, uma porcentagem de 50% de todas as crianças serão autistas.

O crescimento nas taxas referentes ao desenvolvimento da doença vem aumentando e acredita-se que os agrotóxicos sejam um dos principais causadores. Conhecida como a maior produtora de herbicidas do mundo, a Monsanto comercializa um dos herbicidas mais vendidos no mundo, o Roundup. Este produto possui glifosato em sua composição, o qual é apontado como substância responsável por causar inúmeros problemas à saúde.

Entre as doenças relacionadas a utilização desse produto, Stephanie cita o autismo, doenças cardiovasculares, Alzheimer, câncer, deficiências nutricionais, entre outras. Ela diz que um dos principais contribuintes para a formação de doenças neurológicas em crianças são os alimentos transgênicos. E durante três décadas, a cientista se dedicou a estudar essas doenças, foram mais de 170 artigos acadêmicos produzidos (2) e, diante disso, ela afirma que “no ritmo atual, em 2025, uma em cada duas crianças serão autistas“.

A estranha correlação existente entre o uso de Roundup nas plantações (e a criação das sementes transgênicas Roundup-ready) e o aumento nas taxas de autismo foi apresentado pela Dr.Seneff em uma conferência. Os dados foram constatados após a cientista notar que os sintomas de toxidade do glifosato assemelham-se fortemente com aqueles advindos do autismo (3). A similitude entre ambos incluem biomarcadores, tais como baixo serum sulfate, convulsões, deficiência de zinco e ferro além de doenças mitocondriais.

O autismo apresenta-se como a deficiência de desenvolvimento de mais acelerado crescimento. Dados revelaram que hoje nos Estados Unidos, uma em cada 68 crianças nascem com autismo(4), e que as taxas vêm crescendo em aproximadamente 120% desde o ano 2000. Estima-se que em dez anos, 400 bilhões de dólares anuais serão gastos para tratar as pessoas afetadas com a doença.

Atualmente, a maioria dos produtos encontrados nos supermercados possuem milho e soja transgênicos. Podemos não ingerí-los em grandes quantidades, mas a somatória dessas pequenas quantias ao final pode colaborar pra o surgimento de inúmeras doenças consideradas graves.

Os resquícios de glifosato estão presentes em grande parte de diversos produtos, como por exemplo os refrigerantes adoçados com alto teor de frutose e xarope de milho, cereais, doces, batatas fritas e até mesmo barras de proteína de soja. Além disso, as carnes e as aves também entram para a lista, uma vez que a maioria desses animais recebe uma alimentação baseada em milho e soja transgênicos. A preocupação ainda aumenta, uma vez que tem sido encontrado o glifosato no sangue e na urina de mulheres grávidas, e até mesmo em células fetais (5).


Referências:
(1)-http://www.anh-usa.org/half-of-all-children-will-be-autistic-by-2025-warns-senior-research-scientist-at-mit/
(2)-http://people.csail.mit.edu/seneff/
(3)-http://themindunleashed.org/2014/10/mit-researchers-new-warning-todays-rate-half-u-s-children-will-autistic-2025.html
(4)-http://www.autism-society.org/what-is/facts-and-statistics/
(5)-http://naturalsociety.com/3-studies-proving-toxic-glyphosate-found-urine-blood-even-breast-milk/
- http://thecompletepatient.com/article/2014/june/9/its-everywhere-mit-scientist-presents-dire-portrait-damage-monsantos-roundup


Veja também:

Agrotóxico mais utilizado no Brasil apresenta fortes evidências de causar câncer


Agrotóxico mais utilizado no Brasil apresenta fortes evidências de causar câncer Vida Sim

Veja outras opiniões, conte a sua também:


Veja também:


Matérias Relacionadas