Remédios para dormir podem causar câncer e até a morte Vida Sim

No Brasil, a insônia é um distúrbio do sono que afeta 36,5% das pessoas. No mundo, quase um terço da população sofre com esse mal.

Irritabilidade, sonolência e falta de atenção são alguns dos sintomas que fazem parte da vida de quem tem dificuldades para dormir. As causas do distúrbio podem vir de ansiedade, depressão, muito stress, maus hábitos alimentares, entre outros. A busca do tratamento para esse distúrbio muitas vezes vem acompanhado de medicamentos com prescrição médica, mas cuidado, o uso desses medicamentos pode causar câncer e até a morte.

Os medicamentos contra a insônia muitas vezes são considerados a solução para quem precisa ter uma noite de sono. Embora eles tenham usos efetivos, as pílulas para dormir também vêm com riscos significativos e efeitos colaterais que muitas pessoas não percebem e que podem se tornar problemas muito mais graves.

Risco de Morte:

Quando fazemos o uso de um medicamento, ele costuma fazer efeito durante um período de tempo, mas de fato, seu corpo vai se acostumando com a droga, o que faz com que você precise de doses cada vez mais altas para obter o mesmo efeito indutor do sono. No caso desse tipo de drogas, as altas dosagens podem levar a respiração deprimida enquanto você dorme, o que pode causar a morte.


Câncer:

Um estudo publicado em 2012 no BMJ informa que pessoas que tomam pílulas para dormir são mais propensas a morrer ou ter câncer do que aqueles que não tomam. E para os que tomam esses medicamentos há mais de 3 anos, o risco é ainda maior. As pílulas são responsáveis por causar um número maior de infecções que permitem que o câncer floresça.


O ideal é procurar métodos alternativos para regular sua noite de sono. Lembre-se que existem muitos fatores que podem influenciar esse distúrbio, como o uso de luzes da TV e outros aparelhos eletrônicos, ansiedade, inquietação, stress e até depressão.

Procure a ajuda de um profissional para entender e reparar a insônia antes de decidir usar qualquer medicamento.


Veja outras opiniões, conte a sua também:


Veja também:


Matérias Relacionadas