Dicas para viajar com seu animal de estimação Vida Sim

Se você tem um animal de estimação, já deve ter enfrentado a situação em que precisa viajar mas não tem com quem deixá-lo. Em casos como esse é necessário saber como fazer com que o bichinho te acompanhe da melhor forma possível.

Em caso de vôos, a maioria das companhias aéreas possui regras especiais para passageiros com animais de estimação que englobam procedimentos específicos que não comprometam o conforto e a segurança dos outros passageiros nem dos pets. Já em viagens de carro, o comprometimento de segurança é todo do dono.

Vamos a algumas dicas que poderão ajudá-lo nesse processo:

Leve seu pet ao veterinário:

O primeiro procedimento é verificar a saúde do animal, certificar-se de que ele está apto a viajar e com as vacinas em dia. A vacina anti-rábica, extremamente necessária para a validação do transporte do animal, só é válida quando tomada no mínimo 30 dias antes da viagem e vale por somente 12 meses.


Documentação:

Variam de acordo com o destino escolhido. Atestado de saúde e certificado de vacinação que estejam comprovadas as vacinas anti-rábica, múltipla e tratamento vermífugo são os documentos padrões.

No entanto, algumas companhias ainda exigem microchip eletrônico de identificação e passaporte.


Transporte:

A casinha (caixa de transporte) do animal também deve contar com algumas especificações (altura, largura, peso) que variam de acordo com cada companhia aérea. Mas, buscando o conforto do seu amiguinho, saiba que a casinha dele deve ser rígida e com tamanho suficiente para que ele fique em pé e consiga dar uma volta. O ideal é buscar informações no site da companhia aérea específica para se informar sobre os tamanhos permitidos.


Para viagens de carro:

É importante lembrar que o transporte de animais deve ser sempre no banco de trás e com um cinto de segurança próprio para os bichinhos ou numa caixa de transporte! É normal que alguns deles sintam algum enjoo enquanto andam de carro, então procure alimentar seu pet com 3 horas de antecedência da viagem e evite dar qualquer tipo de comida ou petisco dentro do carro.

Mantenha-os hidratados. Mantenha uma temperatura adequada dentro do carro para que eles não sofram e nunca deixe os deixe dentro do carro debaixo do sol.  


Veja outras opiniões, conte a sua também:


Veja também:


Matérias Relacionadas